Terça-feira, Fevereiro 20, 2024

ALBINO PAKISSI, CONSIDERA QUE O POSICIONAMENTO DO GRUPO DE TRABALHO DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE CARLOS SÃO VICENTE, MEXE COM A SOBERANIA DOS TRIBUNAIS ANGOLANOS NA MATÉRIA.

O ex-dono da seguradora AAA foi considerado culpado de crimes de peculato, branqueamento de capital e fraude fiscal, através de um suposto desvio de 900 milhões de dólares da Sonangol (cerca de 822 milhões de euros ao câmbio atual).

Por: apostolado
0 comentário

No parecer definitivo hoje conhecido, e que mantém as conclusões da versão preliminar datada do final do ano passado, o grupo de peritos das Nações Unidas concluiu que a detenção violou a Declaração Universal dos Direitos Humanos e o Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos e pedem às autoridades angolanas a sua “libertação imediata”.

No mesmo documento apela-se ainda a uma compensação e a uma investigação imparcial sobre as condições em que foi conduzido o julgamento.

“O parecer descreve, ao longo de 16 páginas, as condições de uma detenção injustificadamente prolongada, a violação do direito a um julgamento independente e imparcial, violação da presunção de inocência, negação dos direitos de defesa e inúmeras outras violações de tratados internacionais e leis de direitos humanos”, aponta-se no comunicado dos advogados que consideram que esta “decisão corajosa representa um ponto de viragem decisivo”….   Sobre este assunto o comentarista Ecclesia para os assuntos sociais e políticos, Albino Pakissi, considera que o posicionamento do grupo de trabalho das Nações Unidas sobre Detenções Arbitrárias, deve agora confrontar-se  com as condições do julgamento a São Vicente, tendo evocado a soberania dos Tribunais angolanos na matéria…

Segundo a defesa de São Vicente, as consequências do parecer são consideráveis tanto em termos de processos iniciados, em curso ou encerrados em Angola, como noutros países: “São ilegais e passíveis de serem declarados nulos e sem efeito”. Vamos ouvir o parecer do comentarista Albino Pakissi.

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies