Quarta-feira, Junho 12, 2024

UMA CIDADÃ ANGOLANA FOI DESPEDIDA DO EMPREGO POR SER PORTADORA DE VITILIGO.

Vitiligo, doença caracterizada pela despigmentação da pele e não transmissível, e diz enfrentar diariamente a discriminação devido à coloração da sua pele, sobretudo em espaços públicos e em empresas onde acorre à procura de emprego.

Por: apostolado
0 comentário

Sandra Antunes, com vitiligo nos pés, nos braços e no peito, diz que sobrevive hoje graças a ajuda de irmãos e pede a solidariedade da sociedade para conseguir um emprego para sustentar as filhas. Acompanha a reportagem do jornalista Silvano da Silva

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies