Quarta-feira, Abril 24, 2024

MORADORES DO BAIRRO ANGOLANO AGASTADOS COM A PRESENÇA DE LIXO NA ZONA.

Localizado no Distrito Urbano de Kima Kieza no município de Cazenga, a lixeira da praçinha do angolano tem libertado um cheiro nauseabundo muito forte, depois que a empresa de saneamento que tem feito limpeza naquele local, deixou de o fazer há sensivelmente duas semanas segundo denunciaram os moradores a este jornal.

Por: apostolado
0 comentário

Para aqueles populares as razões da falta de limpeza, oficialmente não são conhecidas, mas a inundação das vias de acesso para aquele bairro, causada pelas últimas enxurradas que caíram sobre Luanda, são apontadas como sendo os possíveis motivos da ausência dos técnicos de saneamento.

” Os caminhos que dão acesso aqui no angolano, estão todos inundados, e os carros não conseguem passar porque as ruas têm muita água, os que tentaram, colaram e talvez seja por isso que eles não conseguem recolher aqui o lixo e nós estamos a sofrer ” contou um morador.

O lixo que já se encontra em estado de putrefação misturado com as águas das chuvas, como podemos observar nas imagens, já produziu bichinhos que estão a entrar nas residências dos moradores que vivem próximo do amontoado de lixo.

Neste momento, até os colaboradores da Comissão de Moradores do referido bairro não estão a trabalhar devido ao mau cheiro, a Comissão fica a escassos metros da lixeira.

O Jornal Apostolado contactou a Administração do Distrito do Kima Kieza, mas não tivemos sucesso.

Repórter Delgado Teixeira

 

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies