Domingo, Junho 16, 2024

EMPRESAS CHAMADAS ABRAÇAR PROGRAMAS DE INCLUSÃO SOCIAL PARA JOVENS RECÉM LICENCIADOS

Apelamos a todas as empresas para que participem no Programa CRIAR, promovendo a formação profissional dos mais jovens, através de mentorias com os seus colaboradores, certamente mais experientes.

Por: apostolado
0 comentário

A CEO da  TheBridgeGlobal, desafiou nesta quinta-feira em Luanda, os ente público e privado a integrarem nas suas empresas estratégias de Responsabilidade Social Corporativa que promovam uma cultura de inclusão e treinamento profissional de talentos jovens dentro das instituições.

Segundo Leonor Sá Machado, uma das ferramentas importantes para a materialização desse desiderato é o Programa CRIAR, para além da formação acadêmica que os jovens trazem com as suas formações, acrescentam-se às competências comportamentais indispensáveis para o sucesso na sua carreira profissional. 

” É muito importante que se crie uma consciência colectiva da necessidade de ajudar os nossos jovens a conseguirem uma formação profissional que os ajude a entrarem no mercado de trabalho. A contribuição das empresas para essa experiência é absolutamente insubstituível e tão importante na vida dos jovens que terminam os seus cursos” sublinhou.

 

Apelamos a todas as empresas para que participem no Programa CRIAR, promovendo a formação profissional dos mais jovens, através de mentorias com os seus colaboradores, certamente mais experientes.  

 

Afirmou que o programa CRIAR foi desenhado para apoiar os jovens na sua entrada no mercado de trabalho e foi desenhado para que o recém-licenciado seja acompanhado na sua formação profissional por um mentor indicado pela empresa parceira, enquanto , paralelamente a esta formação profissional o candidato é acompanhado pelo Centro de Formação Profissional The Bridge com avaliações mensais e uma entrevista também mensal, que se reflete num dashboard de avaliação enviado mensalmente aos RH e aos mentores dos jovens.

 

Leonor Sá Machado pensa que apesar de ser um programa muito recente, tem tido um sucesso objectivo já que os jovens têm estado a ser absorvidos pelas empresas, de uma forma definitiva, quando termina o programa de formação, contribuindo para a sua inclusão no mercado de trabalho.

  

Disse que neste momento o CRIAR conta com excelentes resultados, tendo em conta a  melhoria constante nas metodologias aplicadas nos  processos de recrutamento, formação e seleção assim como os processos de acompanhamento e feedback.

 

Enfatizou o facto do Programa estar a celebrar os primeiros 6 meses de treinamento profissional com alguns formandos, muitos destes têm avaliações acima da média, com fortes indicadores de que serão contratados por estas empresas parceiras.

 

Acrescentou que atualmente o CRIAR tem parceria com cerca de 15 empresas de diferentes ramos de actividade, e tendencialmente aumenta o número de formandos. A média de formandos por empresa é  de 3 jovens por empresa com empresas com 2 jovens e outras com 5 ou 15 jovens.  O período mais escolhido pelas empresas para as formações profissionais é de 12 meses, ou seja, dois períodos de 6 meses.

 

Lembrou que o CRIAR é um programa de Formação Profissional, implementado pelo CFPTB (Centro de formação Profissional The Bridge) através da TheBridgeGlobal, com o apoio institucional do Ministério do Ensino Superior e do Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás. Apesar destas parcerias não há nenhuma cooperação efectiva entre o Programa CRIAR e o sector Público.

 

O mesmo foi lançado em Maio de 2023 e conta já com cerca de uma quinzena de empresas parceiras que colaboram na inclusão social de perto de 45 jovens no mercado de trabalho.  Apesar dos resultados animadores o CRIAR tem como missão procurar de forma contínua novos parceiros entre TODAS as empresas instaladas no mercado Angolano.

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies