Quarta-feira, Junho 12, 2024

EM MALANJE SUPOSTOS SOBREVIVENTES DO MASSACRE DA BAIXA DE CASSANJE CONTRARIAM DIRECTOR PROVINCIAL DOS ANTIGOS COMBATENTES, SOBRE INEXISTÊNCIA DE HERÓIS VIVOS.

A greve da Baixa do Cassange, também chamada de revolta de Mariano e guerra de Maria, foi uma greve laboral considerada o primeiro movimento político que deflagraria a Guerra de Independência de Angola exatamente um mês depois e a Guerra Colonial Portuguesa ao longo dos três anos seguintes nas províncias ultramarinas portuguesas.

Por: apostolado
0 comentário

 

o director do gabinete provincial dos antigos combatente e veteranos da pátria em malanje, disse que por esta altura, não existe de frma oficial um sobrevivente do massacre da baixa de cassanje, o responsável disse mesmo que todas as buscas para a identificação dos heróis vivos estão encerradas.

E Depois dos Pronunciamentos do Director do Gabenete Provincial dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria em Malanje, Ananias Gomes que afirmou que não existem sobreviventes do Massacre da Baixa de Cassanje, eis que alguns sobreviventes apareceram a Rádio Ecclesia local desmentindo tais informações. COMPLETA A INFORMAÇÃO O JORNALISTA JUSTINO NGONDE

 

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies