Quarta-feira, Abril 24, 2024

DIRECTOR DA FISCALIZAÇÃO DO KILAMBA KIAXI CRIA ESQUEMA E USA A FORÇA PARA USURPAR TERRENO PRIVADO.

" todos os dias aparecem pessoas estranhas a dizer que o estaleiro lhe pertence e que vão colocar aqui uma feira

Por: apostolado
0 comentário

Eugénio dos Santos, Director de Fiscalização e Inspecção das Actividades Económicas e Segurança Alimentar (ANIESA) do Município de Kilamba Kiaxi, tem tentado apropriar-se com o uso da Polícia Nacional local, de um terreno privado que outrora funcionava como estaleiro de uma Empresa de Construção Chinesa.

Mbeto Zumbi de aproximadamente 40 anos que natura labutava nesta empresa como ajudante de construção civil é o actual proprietário deste espaço, deixado pelos antigos patrões expatriados há mais de 10 anos.

“Depôs de terem terminado os trabalhos, o responsável da empresa dos chineses deram-me o espaço para eu cuidar e resolvi transformar o mesmo como local de emprego para a juventude” explicou, justificando que  por conta deste espaço vários jovens encontraram aí o seu ganha pão, exercendo as funções de mecânica, marcenaria, pintura de veículos e lavagem de carros.

“Com este projecto eu emprego mais de 50 jovens dentre homens e mulheres do bairro, que graças a esta minha actividade abandonaram a delinquência e hoje conseguem sustentar as suas famílias” frisou.

O Jornal Apostolado, apurou que o acusado tem tentado montar um esquema para forçá-lo a abandonar o espaço ” todos os dias aparecem pessoas estranhas a dizer que o estaleiro lhe pertence e que vão colocar aqui uma feira, a hora dizem estrada, enfim, já não sei mais o que vão inventar para tentar me tirar daqui ilegalmente” criticou, deixando bem claro que não tenciona sair daí tão cedo assim e com recursos estranhos que segundo denominou por “técnicas de bandidos”.

Ciente de que esta situação de usurpação de terrenos com valor igual ao seu e não só tem motivado nos últimos tempos várias pessoas que diz ser “poderosas da Administração do Kilamba Kiaxi” envolvidas, pede a intervenção do Governador da Província de Luanda Manuel Homem.

 “Acredito que a oocupação ilegal e abuso de poder de terrenos em Luanda atingiu contornos de máfia e crime organizado, devido ao envolvimento de pessoas de vários escalões sociais que utilizam esquemas refinados para ludibriar a população, por isto preciso de ajuda para não ser mais uma vítima destes senhores” concluiu Mbeto Zumbi.

Repórter Delgado Teixeira

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies