Quinta-feira, Abril 25, 2024

CAMPONESES NOS MULEVOS DE BAIXO MUNICÍPIO DE CACUACO EM LUANDA RELACIONAM A SUBIDA DOS PREÇOS DOS FERTILIZANTES AO RECENTE AUMENTO DO PREÇO DA GASOLINA E PEDE A REALIZAÇÃO DAS AUTARQUIAS LOCAIS.

São na sua maioria, pessoas vulneráveis que procuram ganhar a vida nos campos abertos desta localidade. O verde na imagem demonstra a vontade e o sacrifico das pessoas que procuram ganhar o pão de cada dia, através da produção de hortaliças, mas a grande dificuldade está na aquisição dos produtos fertilizantes e outros medicamentos.

Por: apostolado
0 comentário

Por exemplo um saco de vinte e cinco quilos de adubo está a custar atualmente 35 mil Kwanzas, o que dificuldade a produção em grandes quantidades.

Estes camponeses chamam que este aumento galopante se deve a subida do preço da gasolina e justiçam.

“quando aumentaram só o preço da gasolina tudo também aumentou, porque antes de subir o preço da gasolina aqui as coisas enatavam razoáveis”

Apesar disto, estes cidadãos compreendem as dificuldades dos outros, por isso não aumentaram os preços dos seus produtos e afirmam mesmo que há muita procura nesta fase em que segundo os mesmo o preço do peixe está elevado.

nós dependemos do tempo para produzir, nesta fase está boa a produção, mas quando chegar Agosto, aí é mais difícil, não aumentamos os preços, mas as pessoas estão procurar muito a couve neste momento em que o peixe subiu”. Afirmaram os camponeses.

Para estes, a perspetiva de uma vida melhorada no país está na realização das autarquias locais e, pedem a materialização do mesmo poder local.

“quando se fala do poder local é muito bom, porque quem vamos escolher vai se preocupar com seu município ou comuna, mas se dependermos só do administrador de Cacuaco ou do governador de Luanda assim as coisas não vão mudar”. Entendem os agricultores que cultivam maioritariamente, couve, “china” alface rama e jimboa.

Repórter Benhão Sapo

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies