Quinta-feira, Abril 25, 2024

UNITA APRESENTA DECLARAÇÃO ALUSIVA A ASSINATURA DOS ACORDOS DE PAZ PARA ANGOLA, ACORDOS DE BICESSE.

UNITA APRESENTA DECLARAÇÃO ALUSIVA A ASSINATURA DOS ACORDOS DE PAZ PARA ANGOLA, ACORDOS DE BICESSE.

São seus co-signatários o Presidente Fundador da…

O nosso país, Angola, comemora, hoje, 32 anos desde a assinatura, em 1991, em Bicesse, Portugal, dos Acordos de Paz para Angola, Acordos de Bicesse.

Por: apostolado
0 comentário

São seus co-signatários o Presidente Fundador da UNITA, Doutor Jonas Malheiro Savimbi e o Presidente da então República Popular de Angola, Engenheiro José Eduardo dos Santos.

Foi mediador e anfitrião da cerimónia o Governo de Portugal liderado pelo Professor Aníbal Cavaco Silva, com observação da ONU, dos Estados Unidos da América e da Rússia.

Estes acordos visavam pôr fim ao conflito político-militar resultante da violação do Acordo do Alvor, em 1975 pelo MPLA que, unilateralmente e com a cumplicidade de Cuba e URSS, proclamou a Independência em Luanda, no dia 11 de Novembro.

No fundo, os Acordos de Bicesse visavam também a reposição do espírito do Alvor que preconizava a realização de eleições em Outubro de 1975, isto é, o lançamento do sistema democrático dentro do qual Angola nasciria como estado independente à 11 de Novembro de 1975 e descreveria a sua história.

 O 31 de Maio de 1991 tem, deste modo, um significado histórico singular porquanto, os Acordos de Bicesse representaram o início da viragem do sistema monopartidário para o sistema multipartidário como premissa fundamental para a construção do Estado Democrático de Direito e economia de mercado. São principais frutos dos Acordos de Bicesse a criação, com base nos efetivos das ex-FALA e ex-FAPLA, das Forças Armadas Angolanas (FAA) e da Polícia Nacional de Angola (PNA), como instituições com vocação republicana, constituídas em Outubro de 1991.

Com o alcance da paz, à 4 de Abril de 2002, o nosso país criou as incontornávis condições necessárias para o seu desenvolvimento nos domínios político, económico, social, cultural e de factor positivo nas relações internacionais.

 O Secretariado Executivo do Comité Permanente da Comissão Política da UNITA em nome dos membros, simpatizantes e amigos do partido, rende a sua mais singela homenagem à todos os heróis, conhecidos e anônimos, que deram as sua vidas pela Democracia e pela Paz.

Desta feita constitui dever Sagrado, das actuais e futuras gerações, a sua consolidação e aprofundamento. Nesta perspectiva, o Secretariado Executivo do Comité Permanente da Comissão Política da UNITA apela à todos os grupos de interesses nacionais ao diálogo permanente com vista o alcance das melhores soluções para os nossos desafios comum.

 Luanda, 31 de Maio de 2023 O Secretariado Executivo do Comité Permanente da Comissão Política da UNITA. Escuta o áudio da declaração

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies