Quinta-feira, Abril 25, 2024

PRÉMIO SADC 2023: ANGOLA VENCE NAS CATEGORIAS DE IMPRENSA, RÁDIO E TELEVISÃO

Angola venceu, esta quinta-feira, três primeiros lugares nas (categorias de Imprensa, Rádio e Televisão) do Prémio SADC de Jornalismo Edição 2022

Por: apostolado
0 comentário

Os resultados da eleição, hoje, proclamados, em Luanda, na abertura da 43.ª Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral, derivam da votação realizada, durante a 28.ª Reunião do Comité Regional de Adjudicação (RAC) do Prémio SADC 2023, realizada, de 20 a 22 de Junho último, no formato virtual, sob a orientação da República Democrática do Congo, então Presidente em exercício do órgão.

Angola foi distinguida do seguinte modo:

  1. PRIMEIRO LUGAR DA CATEGORIA DE IMPRENSA, com a reportagem intitulada “Benguela alavanca economia com infra-estruturas do Corredor do Lobito”, da autoria conjunta dos jornalistas Venceslau Mateus e Francisca Augusto, da Agência Angola Press (ANGOP), colocados na província de Luanda, tendo conquistado a média de 74,13 pontos, dos 100 possíveis, num conjunto de sete concorrentes.
  2. PRIMEIRO LUGAR DA CATEGORIA DE RÁDIO, com a reportagem intitulada “Património mundial de Mbanza-Congo orgulha os povos da África Austral”, da autoria do jornalista Luís Mamana, da Rádio Zaire, do grupo Rádio Nacional de Angola, colocado na província do Zaire, tendo conquistado a média de 74,46 pontos, dos 100 possíveis, num conjunto de seis concorrentes.
  3. PRIMEIRO LUGAR DA CATEGORIA DE TELEVISÃO, com a reportagem intitulada “Canal do Cafu: Combate à seca no sul de Angola”, da autoria do jornalista Ernesto Bartolomeu, da Televisão Pública de Angola (TPA), colocado na província de Luanda, tendo conquistado a média de 71,71 pontos, dos 100 possíveis, num conjunto de oito concorrentes.

À semelhança do que ocorreu em edições anteriores, o Jornalismo angolano volta a celebrar, com o mesmo orgulho e regozijo, a conquista destas importantes distinções da SADC, que, a este nível, reconhece a excelência jornalística da região e o compromisso para com a promoção da informação e do papel da Comunicação Social, no seu conjunto.

O Comité Nacional de Adjudicação (CNA-Angola) do Prémio SADC de Jornalismo 2023 considera que este reconhecimento espelha o empenho, a dedicação e a excelência do Jornalismo angolano, em transmitir informações precisas, investigativas e relevantes para a sociedade, ressaltando a valiosa contribuição do conjunto da média do País, para o fortalecimento da liberdade de imprensa e o enriquecimento do panorama mediático na região SADC.

O CNA-Angola felicita, calorosamente, todos os jornalistas e agentes envolvidos nesse projecto notável e reconfortante, cujo trabalho exemplar eleva a qualidade do Jornalismo angolano e enaltece Angola no cenário internacional.

O CNA-Angola aproveita a ocasião para estender os seus agradecimentos à SADC, pelo reconhecimento dado aos profissionais de Comunicação Social angolana e por prover uma plataforma que valoriza a liberdade de imprensa e incentiva a busca contínua da verdade jornalística.

Que esta vitória, testemunho do potencial e do talento presente na Comunicação Social de Angola, inspire cada vez mais inovação e dedicação à missão nobre do Jornalismo, que é a de informar, educar e empoderar a sociedade, contribuindo, assim, para um futuro cada vez mais esclarecido e próspero.

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies