Sexta-feira, Abril 12, 2024

IGAE ACUSADA TENTAR DESALOJAR FAMÍLIAS QUE RESIDEM HÁ MAIS DE 30 ANOS NA ESCOLA 17 DE SETEMBRO NO RANGEL

Oito famílias residentes há mais de trinta anos, na escola 1527, mais conhecida como 17 de Setembro, ao distrito urbano do Rangel, em Luanda, acusam a Inspecção Geral da Administração do Estado (IGAE) de as querer expulsar das suas residências, sem qualquer indemnização ou garantia de realojamento, depois de em 2012 e 2017, terem sido cadastrados, com a promessa de lhes serem atribuídas novas residências, após mais de três décadas a residirem num espaço que antes de ser transformado em estabelecimento escolar, era um internato.

Por: apostolado
0 comentário

Passadas mais de três décadas as famílias, que lançam, o grito socorro, acusam o acusam a Inspeção Geral da Administração do Estado (IGAE) de as querer expulsar das residências, sem qualquer indemnização ou atribuição de outras moradias, depois de em 2012 e 2017, terem sido cadastrados, com a promessa de lhes serem atribuídas novas residências. A preocupação é manifestada por Maria Luísa, moradora há mais de trinta nos. Acompanha a reportagem do jornalista Júlio Muhongo.

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies