Segunda-feira, Abril 15, 2024

FÁBRICA DE CIMENTO DA EMPRESA CIF LUANDA DESABA E SOTERRA SEIS FUNCIONÁRIOS.

Pelo menos seis funcionários da empresa CIF-Luanda, foram soterrados, após o desabamento da estrutura de armazenamento da fábrica de cimento, causando assim um prejuízo de mais de 500 milhões de kwanzas.

Por: apostolado
0 comentário

O facto aconteceu à noite (22h00) de quarta-feira, 2, quando os seis funcionários que operavam na área junto ao forno de conversão de produtos químicos, foram surpreendidos pelo desabamento de um dos dois maiores silos de homogeneização.

Segundo apurou o Club-K no local, a derrocada do polo de armazenamentos da farinha, produto essencial para produção de cimento da Fábrica CIF-Luanda, uma das maiores fabricantes de cimento do país, que passou recentemente para à esfera do Estado no âmbito do processo de Recuperação de Activos da Procuradoria-Geral da República (PGR).

De acordo com funcionários responsáveis pela gestão e administração dos recursos armazenados naquela estrutura, a referida estrutura que armazenava cerca de 11 mil 880 quilogramas de farinha, que possuía cerca de 14 metros de altura, o Silo estava completamente abastecido de farinha o que só em produto, chegou a prejudicar em mais de 500 milhões de kwanzas.

Logo a seguir a tragédia, em um vídeo gravado por um dos funcionários da fábrica que fazia a supervisão do turno, que o Club-K teve acesso, possível observar o desespero de um dos funcionários que procurava pelos seus colegas que descobriu minutos depois que os mesmos estavam soterrados e acobertados pelos quase 12 mil quilogramas de pó para o fabrico de cimento.

Alguns dos funcionários explicaram ao Club-K que, o facto terá ocorrido por alegada negligência da própria direcção da empresa CIF-Luanda “porque a manutenção tem elevados custos financeiros mesmo depois de alertada sobre as falhas na base da estrutura”.

Na tentativa de ouvir a direção da empresa sobre as razões na base deste incidente, logo à chegada, a equipa deste portal foi “destratada” e “impedida” de apurar os factos junto dos seus responsáveis por alegadas “ordens superiores”.

Porém, na insistência, conseguiu-se manter um contacto ao telefone com o responsável da área de higiene e segurança no trabalho, identificado apenas por “Kito”, que confirmou o incidente, tendo garantido que “os cinco cidadãos angolanos e um chinés já beneficiam de assistência médica”.

Outra informação que o referido responsável avançou “é que a direcção da fábrica está toda tensa e aflita com o assunto logo após serem convocados de emergência para um encontro com o Ministério de tutela”.

No encontro, segundo dados de fontes que acompanham o processo, “até agora a direcção do CIF-Luanda ainda não conseguiu dar explicações reais sobre o assunto” com vista a esclarecer o que de facto terá ocorrido na noite do dia 2 deste mês, tendo garantido apenas que “dentro de dias o assunto será esclarecido por via do seu gabinete de comunicação e imagem”.

Entretanto, fontes próximas da direcção da empresa confirmaram a existência de questões que estão a ser acauteladas para evitar alguma convulsão na fábrica apontando para suspeições de desvios de altas somas em dinheiro, má gestão financeira e falta de assistência aos trabalhadores com equipamentos apropriados para conter possíveis danos à saúde dos mesmos.

A direcção da empresa CIF-Luanda promete se pronunciar nos próximos dias para esclarecer todos os aspectos em torno deste assunto. Fonte: CLUB.K

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies