Quarta-feira, Abril 24, 2024

UNIVERSIDADE METODISTA VAI SUSPENDER ESTUDANTES ENVOLVIDOS NOS ACTOS DE PROTESTOS CONTRA SUBIDA DE PROPINAS.

"Decorrente do processo disciplinar, a entrada de determinados estudantes no campus, poderá ser impedida de hoje 17 de Abril, com vista a normalidade dos serviços que a universidade presta, de facto, a que quer estudar" concluiu.

Por: apostolado
0 comentário

Depois de esta terça-feira, 16 de Abri, milhares de estudantes afectos a Universidade Matodista de Angola (UMA), terem realizado um protesto para reivindicar a subida que afirmam serem exorbitantes e sem aviso prévio, a direção desta instituição já reagiu por intermédio de uma nota de imprensa e de esclarecimento.

 

“A Universidade Metodista de Angola esclarece que não houve aumento das propinas, mas sim a retirada dos descontos anteriormente aplicados. O reajuste das mensalidades, taxas e emolumentos da Universidade, assim como ocorreu em outras Instituições Privadas, foi concedido pelo Estado através do Decreto Executivo Conjunto 187/2023, de 01 de Setembro de 2023, e internamente aplicado em 15 de Setembro de 2023, conforme a Comunicação Interna Ref.: 28-23/DAF, de 15 de Setembro de 2023” refere a o instituição.

 

Entretanto, em consideração ao contexto na época, a Universidade adoptou uma política de concessão de descontos sobre a propina reajustada aos estudantes, conforme estabelecido na Comunicação Interna Ref.: 28-23/DAF, de 15 de Setembro de 2023, os quais vigorariam até o dia 15 de Abril de 2024, conforme previamente anunciada em Comunicação Interna Ref.: 19-24/DAF, datada de 14 de Março de 2024, avança a UMA.

Outro sim adianta que “de Setemtro a Abril, em resposta às dificuldades enfrentadas por muitos de nossos estudantes, estes se beneficiaram de descontos concedidos pela Universidade, razão pela qual, durante esse período, não sentiram os efeitos dos reajustes aplicados na propina. A revindicação ocorrida em 16/04, protagonizada por alguns estudantes, é resultado do lembrete feito a 15/ de Abril, sobre o término dos descontos que estavam sendo aplicados até então, previamente anunciado em Março de 2024”.

 

Face a todas estas explicações tal como a Rádio Casimiro pode apurar, a Reitoria avança com a abertura de processo disciplinar para punir com suspensão ou expulsão todos os estudantes envolvidos no acto que diz ser de desrespeito às normas de convívio académico, estando as imagens colectadas pelo sistema de vigilância sendo sistematizadas para este fim.

 

“Decorrente do processo disciplinar, a entrada de determinados estudantes no campus, poderá ser impedida de hoje 17 de Abril, com vista a normalidade dos serviços que a universidade presta, de facto, a que quer estudar” concluiu.

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies