Sexta-feira, Abril 12, 2024

RAVINA AMEAÇA CORTAR CIRCULAÇÃO ENTRE BENGUELA E HUAMBO

Por essa razão, os automobilistas mostram-se preocupados com a progressão desta ravina e pedem uma intervenção urgente das autoridades.

Por: apostolado
0 comentário

A circulação rodoviária entre as províncias de Benguela e do Huambo, pela estrada nacional EN250, pode ficar interrompida, devido à progressão de uma ravina no troço que liga os municípios do Bocoio e Balombo.

A progressão desta ravina, com mais de 15 metros de profundidade, no troço que liga os municípios do Bocoio e Balombo, propriamente na localidade de Rainha Santa, deve-se à erosão decorrente das fortes chuvas registadas nos últimos dias, na província de Benguela.

 

A EN 250 é, actualmente, utilizada, sobretudo, por camionistas que transportam combustíveis e bens alimentares, bem como autocarros para o transporte de passageiros entre Benguela e o Huambo ou vice-versa.

 

Por essa razão, os automobilistas mostram-se preocupados com a progressão desta ravina e pedem uma intervenção urgente das autoridades.

 

Segundo apurou a ANGOP, na última segunda-feira, o administrador municipal do Balombo, José Cambiete, acompanhado de responsáveis da área técnica e infra-estruturas da região, deslocou-se à localidade de Rainha Santa, para se inteirar da situação, tendo em vista a possibilidade de realização de obras de estancamento da ravina.

 

A ligação rodoviária entre as províncias de Benguela e do Huambo pode também ser feita através da estrada nacional EN260, troço Caimbambo/Cubal/Ganda e Tchindjenje.

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies