Quarta-feira, Abril 24, 2024

FEIRA DA LIBERDADE: ENCERRAMENTO COERCIVO DO MERCADO PODE JOGAR MAIS DE TRINTA TRABALHADORES NO DESEMPREGO.

O Jornal Apostolado, questionou o Administrador Municipal Adjunto para Área Financeira Sérgio Camões que rapidamente justificou afirmando que ao seu tempo a sua administração irá pronunciar-se.

Por: apostolado
0 comentário

As makas em torno da suposta tentativa de a Administração Municipal de Kilamba Kiaxi receber a força o Mercado da Feira da Liberdade cito no Golf 2, pertence a Cecília Xavier de aproximadamente 60 anos, continua com novos capítulos.

 

Mais de trinta trabalhadores desta unidade comercial privada podem ser desempregadas por conta da pressão do pelouro dirigido pela Administradora Municipal Naulila André, que até às últimas informações tornadas públicas pela Rádio Casimiro, tinha dado um ultimato a esta anciã para abandonar o mercado.

 

“Somos pai e mães para nossas famílias, como vamos sustenta-las sem este emprego que nos foi dado pela dona Cecília Xavier” lamentou Albano de Oliveira, trabalhador da feira há sensivelmente quatro anos.

 

O motivo da preocupação dos funcionários estão baseados na falta de transparência e actuação da Administração Municipal “a Administração Municipal sabe que o espaço pertence a família da minha chefe, que é a família Xavier, porque que nunca demonstraram abertura para dialogar amigavelmente, e se arranjar melhores caminhos para se resolver este problema, e a nossa situação como trabalhadores” criticou.

 

Jureuma Cassoba, outra funcionária, que trabalha no mercado desde a sua criação, visivelmente emocionado mostra-se igualmente preocupado com o seu destino, face a insistência das autoridades municipais em  fechar o mercado privado.

 

“Não temos como encontrar um trabalho assim tão rápido, aliás não é justo que eles ao invés de apoiarem esta empreendedora e concidadã batalhadora, infelizmente querem recebe-la o empreendimento por ganância, em nome do Estado” acusou.

 

O Jornal Apostolado, questionou o Administrador Municipal Adjunto para Área Financeira Sérgio Camões que rapidamente justificou afirmando que ao seu tempo a sua administração irá pronunciar-se.

Enquanto isto não acontece, milhares de feirantes e funcionários da feira continuam apreensivos sobre o desfecho deste assunto.

 

Repórter Delgado Teixeira

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies