Sábado, Julho 6, 2024

DOM MAURÍCIO CAMUTO, MOSTRA – SE PREOCUPADO COM ESTADO DE ABANDONO EM QUE SE ENCONTRAM ALGUNS CEMITÉRIOS DO PAÍS.

Dom Maurício Camuto, falava durante a primeira missa de Páscoa na catedral de Caxito.

Por: apostolado
0 comentário

Para  o bispo da diocese de Caxito, aos poucos vai se perdendo a cultura de visitar e limpar os túmulos.

Dom Maurício Camuto falava durante a primeira  missa de Páscoa na catedral de Caxito.

” Estamos a perder o costume, enterramos alguém e esquecemos da pessoa . A nossa boa tradição africana  não era assim ” .Diz  o Bispo , ”  depois de enterrarmos  alguém, íamos sempre ao Cemitério ” , situação que, hoje por hoje , já não se verifica, sublinhou, o prelado.

Dom Maurício Camuto, por outro lado , manifestou – se solidário com as famílias que enfrentam momentos difíceis, estas ,que perderam as suas residências e outros pertences fruto das inundações causadas pelas chuvas em Caxito.

” Estamos a terminar o mês das mulheres , muitas infelizmente, encaram com a situação das chuvas e inundações ” . O pastor de Caxito, manifesta- se , por outro lado , animado em ver a mulher em local decisivo do aparelho governamental .

”  Muitas mulheres hoje procuram  afirmar -se e muitas delas são melhores que os homens ” .

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies