Segunda-feira, Junho 17, 2024

CURIOSIDADES DO CAN`2023 QUE DECORRE NA CÔTE D`IVOIRE.

Em véspera do reinício do CAN`2023, na quarta-feira (7), com a disputa das meiais-finais, após pausa de três dias, algumas curiosidades da prova que termina em 11 deste mês, na Côte d`Ivoire.

Por: apostolado
0 comentário

Este CAN`2023 é especial não só pela participação de quatro países da CPLP (Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Moçambique), como também pela polémica em relação à data da sua realização.

Devido ao conflito com as agendas dos torneios europeus e às preocupações climáticas, a prova está a ser disputada em 2024, por decisão da CAF.

Outras curiosidades a saber sobre a competição é que o Egipto é a selecção que mais vezes venceu o troféu, em sete ocasiões.

Agora orientada pelo técnico Rui Vitória, é também a seleção com mais participações (26), mais jogos (107), mais vitórias (60) e com o melhor ataque, com 168 golos apontados

O Egito chegou à final do CAN em cinco dos últimos seis torneios em que participou, vencendo em 2006, 2008 e 2010, enquanto foi vice-campeão em 2017 e na edição de 2021. Só não o conseguiu fazer em 2019, na qualidade de anfitrião.

O Campeonato Africano das Nações foi alargado de um torneio de 16 equipas, que tem sido desde 1996, para um evento de 24 concorrentes desde 2019.

 

Até à data, dezasseis jogadores marcaram 17 hat-tricks no CAN. O último foi do guiné-equatoriano Emilio Nsue, que marcou três golos contra Guiné-Bissau no dia 18 de janeiro de 2024. É o mais velho a conseguir um hat-trick, aos 34 anos.

 

O Egipto teve cinco jogadores diferentes a marcarem seis hat-tricks no CAN. Nenhum país conseguiu tal proeza.

 

O Egipto é a única equipa com dois jogadores a marcarem três golos no mesmo jogo: Hassan El-Shazly e Mohammed Morsi Hussein marcaram todos os golos na vitória por 6-3 sobre a Nigéria, num encontro da fase de grupos de 1963.

 

Ahmed Hassan, do Egipto, e Rigobert Song, dos Camarões, detêm o recorde de maior número de participações no CAN, tendo cada jogador estado presente em oito edições da competição, em 1996, 1998, 2000, 2002, 2004, 2006, 2008 e 2010.

 

A África do Sul terminou em 1º (1996), 2º (1998) e 3º (2000) lugar nos três primeiros torneios CAN em que participou.

 

Mahmoud El-Gohary, do Egito (1959 como jogador, 1998 como treinador), e Stephen Keshi, da Nigéria (1994 como jogador, 2013 como treinador), ganharam o CAN como jogador e treinador.

 

O francês Hervé Renard é o único treinador que ganhou o CAN com dois países diferentes: Zâmbia em 2012 e Costa do Marfim em 2015.

 

O  treinador senegalês Aliou Cissé detém o recorde indesejado de derrotas na final, tanto como jogador (2002) como treinador (2019). Também já venceu o torneio como treinador, tendo conquistado o título com o Senegal na edição de 2021.

 

A França teve cinco treinadores diferentes que venceram seis edições do Campeonato Africano das Nações, o maior número de todos os países.

 

Em 2004, o francês Roger Lemmere tornou-se o primeiro treinador a vencer o CAN e o Campeonato da Europa da UEFA, ao levar a Tunísia ao título; em 2000, levou a França ao Campeonato da Europa.

 

Quarenta e quatro nações africanas diferentes participaram no CAN. As Comores e a Gâmbia foram estreantes na última edição, nos Camarões, e a Côte d`Ivoire é agora o país recém-chegado.

 

O Egipto (1957), o Gana (1963) e a África do Sul (1996) são as únicas equipas que venceram o torneio na sua primeira participação.

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies