Quinta-feira, Junho 13, 2024

CENTRALIDADE DA MARCONI: FALTA DE ÁGUA FORÇA POPULARES A HIGIENIZAREM-SE NOS LOCAIS DE SERVIÇO.

A Administração Municipal do Cazenga pode se pronunciar a qualquer momento.

Por: apostolado
0 comentário

A falta de água na conhecida Centralidade da Marconi, cita no Distrito Urbano do Hoji-ya-Henda, Município do Cazenga, está a levar os moradores a tomarem banho nos seus locais de serviço, ou pior ainda por outros, ficarem largos dias sem se higienizar por conta da escassez deste precioso líquido também muito fundamental e indispensável para o consumo.

Segundo afirmam as nossas fontes, há muito que não jorra água nas torneiras desta urbanização, situação que os obriga a recorrem aos conhecidos “kupapatas” que chegam mesmo fruto desta escassez a comercializar 20 litros no valor de 100 kwanzas.

“Isto é inadmissível o que estamos a viver, imagina ainda ficar sem tomar banho, ou pior ainda sem ter o que beber” contaram duas moradoras que preferiram o anonimato, que ao mesmo tempo questiona às autoridades para quando a resolução deste problema.

A Rádio Casimiro sabe que a situação se torna ainda mais difícil e preocupante para os moradores dos andares de cima, tudo porque os edifícios não têm elevadores.

A Administração Municipal do Cazenga pode se pronunciar a qualquer momento.

 

Repórter Delgado Teixeira & Siona Júnior

You may also like

O Apostolado Angola - Ontem, Hoje, amanhã e Sempre - Informação Com Credibilidade

O Apostolado – Jornal da Actualidade da CEAST – Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe, é um site de notícias e representa o ponto de vista a CEAST com relação aos notícias local e internacional.

2023 –  Direitos Reservados. Jornal o Apostolado.  Developed by TIIBS, Lda – TIIBS, Lda – Technology Consultants

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Política de Privacidade & Cookies